quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Velhas políticas

O comunicado emitido pela Câmara Municipal de Gouveia, em 31 de Outubro, com o objectivo de esclarecer acerca da notícia que dá conta que Gouveia é a cidade mais envelhecida do país, que aqui reproduzimos, merece a nossa atenção!
Resumidamente, a Câmara Municipal tenta relativizar o problema e apresenta como grande “arma de combate” ao envelhecimento, o programa de incentivo à natalidade e apoio à família.
Para o efeito, tenta assumir a “paternidade” do suposto sucesso, exibindo os números relativos às crianças que já nasceram no ano de 2014!
Enquanto uns andam no ar, porventura atrás das cegonhas, tentemos ver a realidade:
- Os números apresentados no comunicado, referem-se ao Concelho de Gouveia e não à Cidade de Gouveia. De facto, nas famílias residentes na actual freguesia de Gouveia, nasceram em 2013 apenas 13 crianças!
- Considerando que o estudo publicado se referia a 2011, o número de nados vivos então verificados foi de 85, para todo o concelho de Gouveia e de 20 para as freguesias da cidade.
- Podemos verificar no gráfico que a tendência, nos últimos anos, tem sido de redução do número de nascimentos. Verificamos ainda que o ano 2011, ao qual se referiu o estudo, até foi menos mal para Gouveia.

Se o ditado diz que “entre marido e mulher não metas a colher”, nós acrescentamos, “muito menos quando o casal trata da sobrevivência da espécie humana”.


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Lanterna Vermelha


A divulgação do destaque do Instituto Nacional de Estatística (INE), relativo ao Estudo “Cidades Portuguesas: Um Retrato Estatístico - 2011”, foi o motivo para as noticias que foram divulgadas nos diferentes órgãos de comunicação, dando conta que Gouveia é a cidade mais envelhecida do país.

A sustentar a afirmação, o INE destaca o índice de envelhecimento de Gouveia (246), como sendo o maior das cidades portuguesas.

Considerando os mapas que o INE construiu com indicadores, podemos verificar que foi feita a comparação de diferentes indicadores que consideram a dinâmica populacional, mas também o parque habitacional, actividade económica, mobilidade, qualificação e sistemas de cidades.

Se for verificado o posicionamento da cidade de Gouveia em cada indicador, devemos salientar que a cidade de Gouveia só aparece em destaque pela negativa. Para além do indicador Índice de envelhecimento, Gouveia é a lanterna vermelha nos indicadores:

-          Idade média da população, com 47,48 Anos.

-          Índice de dependência de idosos, de 45,98.

-          Proporção da população residente com 14 ou menos anos de idade – 11,33 %

-          Taxa de actividade (%) da população residente por Local de residência – 41,01 %

A Câmara Municipal assume algum protagonismo, dizendo que já foram tomadas medidas para melhorar a situação.

O Fail em Gouveia também terá motivos de reportagem, no que entretanto foi dito!

domingo, 16 de novembro de 2014

Defesa dos interesses instalados


Em “resposta” às parangonas dos Jornais Nacionais que noticiaram que Gouveia é a cidade mais envelhecida do País, o Noticias de Gouveia preferiu destacar na primeira página:
Gouveia: Nascimentos para combater o envelhecimento
Município tem consolidado o equilíbrio das suas contas
No interior do Jornal é feita uma notícia, com algum destaque, dando conta da versão da Câmara Municipal relativamente ao segundo aspecto.
Quanto à cidade mais envelhecida do país, vemos uma pequena nota nas “Serra de Estrelas” que nem dá conta do grave problema apresentado nos jornais nacionais, relativo ao envelhecimento da população da cidade de Gouveia.
Se atendermos ao comunicado oficial da Câmara Municipal de Gouveia sobre o assunto, temos que concordar que o Notícias de Gouveia conseguiu superar, em eficácia, a defesa do poder instalado na autarquia Gouveense. Até parece que alguém se está a candidatar para assessor de comunicação da Câmara Municipal.
Quanto ao Notícias de Gouveia, parece querer mudar o seu lema para a “Defensor dos interesses … instalados”!



domingo, 2 de novembro de 2014

Passadeira para a morte


As obras que se realizam permitem ver situações únicas.
No caso, visitámos a intervenção na Rua Casimiro de Andrade, consequência da empreitada dos terrenos envolventes da ribeira Ajax.
A calçada já foi reposta e incluída uma Passadeira para peões, faltando construir o passeio suspenso do lado da ribeira. Sem passeio, a passadeira permite aos peões transpor a rua para ... a morte!
 

 

domingo, 26 de outubro de 2014

Gouveia à noite


A poucos dias da mudança para a hora de inverno, pouco antes das 7:00 da manhã, o centro da cidade de Gouveia permite fotografias únicas, para uma cidade sede de Concelho.
A ausência de iluminação artificial, quando a luz natural é praticamente inexistente, em pleno centro da cidade, permite um ambiente muito próximo da aldeia mais isolada do país.
Trabalhando a fotografia fica perceptível a zona fotografada.

Nas condições que as fotografias documentam, é fácil perceber que os trabalhadores da Câmara Municipal de Gouveia, do sector das limpezas, podem desempenhar as suas funções normalmente, varrendo as ruas, ou recolhendo os resíduos depositados nos contentores do lixo.
Para além de uns (poucos) comerciantes de funcionários das autarquias, das Instituições Particulares de Solidariedade Social e de empresas, quem pode precisar da iluminação pública a esta hora?
Quando a reportagem foi feita, no Museu da Miniatura Automóvel havia iluminação exterior, para prevenir que os larápios tenham a tentação de levar as preciosidades existentes. Já na Câmara Municipal de Gouveia…
 
Praça de S. Pedro
 Paços do concelho
 Av. Botto Machado
 Tribunal
 S. Miguel
 Museu da miniatura Automóvel
 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Não Vasar Lixo

Em Vinhó, junto à estrada para Moimenta, a Junta de Freguesia colocou uma placa com o suposto objectivo de alertar a população para a proibição de deitar lixo e depositar entulho no espaço em causa.

Para além do “português” da mensagem ser pouco esclarecedor (o que significa vasar?), as silvas e o mato existente, na data em que foi tirada a fotografia, são mais dissuasoras que o aviso de que o local será vigiado!