domingo, 1 de março de 2015

Domínio privado-público

Na estrada nacional 330, na ligação entre Gouveia e S. Paio, junto ao depósito de água, existe o acesso a uma rua, o qual fotografámos.
A colocação do sinal de via sem saída é enigmática: ou está colocado no local errado (onde a rua termina), ou a rua viu o seu “fim” alterado!
A investigação do fail, documentada na reportagem, permite afirmar o seguinte:
- um troço da antiga estrada foi seccionado, com dois portões;
- o processo, numa primeira fase, foi feito com a colocação de uma corrente;
- Até a iluminação pública ainda de permanece na referida estrada.

Se é verdade que “nem sempre o que parece é”, também é verdade que alguém se apropriou de um troço da antiga estrada!



terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Em 2014 vamos cá estar

A fachada do Teatro-Cine de Gouveia é utilizada, desde 2012, para anunciar que este vai manter a sua actividade.
Já decorria o ano de 2014 e o anúncio ainda referia que “em 2013 vamos cá estar”.  Mudar o 3 pelo 4 foi tarefa que demorou alguns dias, mas a certeza que não vai haver interrupção da actividade é mais importante que tudo o resto. Perante este facto quem será capaz de reparar que, já em finais de Janeiro, o Programa apresentado é do último trimestre de 2013!
Em finais de Fevereiro de 2015, a mensagem ainda garante que em 2014 o espaço esteve em funcionamento. Aqui é seguida a máxima vulgarizada no futebol: Previsões, só no fim do jogo!
Quanto à bondade do anúncio, importa questionar se o objectivo é fazer a contagem final até ao encerramento do espaço cultural. Afinal não será muito habitual este tipo de mensagem!




domingo, 22 de fevereiro de 2015

Transporte de …

À entrada de Folgosinho, foi tirada uma fotografia a uma viatura estacionada, cujo aviso colocado na porta traseira alertava para a possibilidade de transportar animais vivos. Obviamente que não era de esperar a existência de animais vivos no veículo estacionado, mas também não era esperado que os animais dessem lugar a … abóboras!





segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Se tens olhos Vê!

Na travessa à rua das tílias, em Nabais, existe sinalização vertical (sinal de STOP) adequada à situação: entroncamento de um acesso secundário na estrada que faz ligação de Gouveia a Nabais.
O referido sinal de trânsito encontra-se no estado que a fotografia documenta. Se atendermos ao facto de a situação se manter já há vários meses, devemos questionar se alguém ainda não reparou. Ainda que o acesso não seja utilizado, da estrada principal é bem visível o sinal, e esta via é utilizada diariamente por muitos automobilistas, incluindo responsáveis pela entidade que colocou a sinalização.
Dando seguimento à brincadeira relativa ao significado do STOP (Se Tens Olhos, Pára), apetece dizer aos responsáveis: se tens olhos vê!


domingo, 15 de fevereiro de 2015

Ao sabor do vento

Numa freguesia do concelho de Gouveia, durante a noite, recolhemos as imagens que apresentamos, nas quais é possível ver a qualidade da luminária utilizada
Se na Cidade de Gouveia há dinheiro para substituir luminárias boas e modernas por outras mais bonitas (1), nas freguesias nem sempre há dinheiro para substituir ou reparar luminárias colocadas para desenrascar…
Uns têm quem se preocupe com a sua qualidade de vida, enquanto que outros têm direito a viver ao sabor do vento!


(1) - Ver reportagem intitulada “luz para quem vive na penumbra” http://failemgouveia.blogspot.pt/2012/04/luz-para-quem-vive-na-penumbra.html

    domingo, 8 de fevereiro de 2015

    Entregues à bicharada

    Ao fim da tarde a cidade de Gouveia parece uma cidade deserta (dizem alguns). De facto, é confrangedor não se ver vivalma no centro da cidade. Dizem que este está às moscas!

    Estamos no inverno, pelo que Gouveia estará entregue a outra bicharada!
    No calçadão, uma matilha (naturalmente de cães) passeia alegremente. Terão deixado os donos em casa, são animais vadios ou são residentes do parque biológico que regressam a casa?
    Já se sabe que Gouveia é a cidade mais envelhecida do país, mas não será boa ideia ocupar o lugar das pessoas por animais!